• Carol Capel

The Westin - Nosso Hotel em Washington D.C.

Fala povo, tudo bem?

Vocês sempre querem saber sobre os hotéis que eu fico hospedada e dessa vez não foi diferente, todo mundo quis saber onde era aquele paraíso de Washington que eu, Marcelo e Aladdin ficamos. Na verdade nós não ficamos hospedados em D.C., ficamos em Crystal City, basicamente existe uma ponte entre D.C. e Crystal City e em menos de 2 minutos estávamos na casa branca de metrô. 

O motivo pelo qual escolhemos ficar em Crystal City não foi o valor, porque acreditem, esse Westin era mais caro que qualquer hotel em D.C., ele era bem luxuoso mesmo. O motivo foi o Aladdin. D.C. é uma micro cidade que se comporta como cidade grande, então trânsito, buzinas, e a falta de parques onde cães como o Din podem frequentar e fazer xixi não existem por lá. 

Crystal City é um bairro de gente rica lá, fica bem na divisa da Virgínia com Maryland. Veja no mapa:

Outra coisa importante de mencionar sobre D.C. é o local para estacionar o carro. NÃO HÁ! Aliás tem, muitas vagas, que ficam preenchidas durante o dia todo, e também tem os edifícios garagem, mas em ambos você tem que pagar pelo estacionamento. Ou seja? Não sei se compensa ficar hospedado lá e não poder nem tirar o carro da garagem do hotel por causa do trânsito. 

Sobre o The Westin de Crystal City

O hotel é Pet Friendly e acomoda até dois cachorros sem limite de peso e tamanho na suíte. Você pode até deixar o animal por algum período sozinho, desde que ele seja comportado e não fique latindo. Além disso, é um dos poucos hotéis nessa região que não cobra Pet Fee, Hotel de verdade tá? Não estou falando daqueles muquifos/cafofos de beira de estrada, cheios de bedbugs. 

A diária do hotel fica em média 345 dólares por noite + o estacionamento de 25 dólares por noite que não está incluso na diária. O cachorro pode circular em todas as áreas do hotel menos no restaurante que fica no térreo, pode entrar e sair pela porta frontal ou lateral e frequentar outras dependências, como piscina e jardim privativo no último andar.