• Carol Capel

Lago Bled na Eslovênia - O lugar onde eu moraria!

Eu juro que não conheço no mundo um lugar mais bonito. Dizem que o Lago Bled foi criado por fadas e eu realmente não duvido que não seja verdade.

O conto popular mais conhecido sobre a origem do Lago Bled diz que o lago foi criado por fadas. Segundo a história, a área do lago costumava ser um vale cheio de grama deliciosa. Os pastores locais gostavam de levar suas ovelhas para o vale durante o dia, e as fadas adoravam usar a grama macia como pista de dança à noite. Com medo de que as ovelhas comessem toda a grama, as fadas pediram aos pastores que construíssem uma cerca em volta da pista de dança. Os pastores se recusaram a ajudar as fadas e logo as ovelhas comeram toda a grama e deixaram nada além de terra nua para trás. Em busca de vingança, as fadas inundaram o vale e criaram um lago com uma pequena ilha no meio, onde puderam continuar a dançar à noite.

Um passeio de barco que te leva à ilha chama-se Pletna

A melhor maneira de visitar a ilha no meio do Lago Bled é o barco Pletna. Este barco tradicional tem um fundo plano e um toldo colorido exclusivo que oferece sombra aos passageiros em sua jornada. Os primeiros Pletnas foram construídos no século XII e a técnica especial de remo, usada pelos remadores, foi transmitida pelas mesmas famílias de geração em geração.

Outro conto popular fala de uma jovem que morava no Castelo de Bled. Depois que os ladrões mataram seu marido, a viúva recolheu toda a sua prata e ouro para comprar um pequeno sino. Ela pretendia que o sino fosse instalado na capela na ilha de Lake Bled, onde ela rezava diariamente após a morte do marido. Infelizmente, uma tempestade atingiu o lago durante o transporte, e o sino e o barco afundaram no fundo do lago. Devastada, a viúva deu sua fortuna, construiu uma igreja na ilha e mudou-se para Roma, onde se tornou freira. Após a sua morte, um sino diferente foi abençoado pelo Papa e foi enviado para a igreja da ilha em memória da viúva. Desde então, acredita-se que o sino da igreja na ilha concede um desejo a quem quer que o toque.

O lago tem uma água azul turquesa. Trata-se de um reservatório de águas límpidas, de formação natural, que teve origem glacial e é exatamente por esse motivo que a água é dessa cor. Atenção! As fotos a seguir não possuem filtro!

Acredite ou não a água é dessa cor mesmo! E é cheia de peixinhos!

Em algumas áreas designadas do lago é possível nadar, em outras você pode praticar esportes aquáticos e você pode também dar uma caminhada no entorno do lago pois o local tem uma baita de uma estrutura.

Fiz essa caminhada duas vezes, são 7km no total. E você gasta em média 1 hora para circundar o lago, mas a paisagem é tão deslumbrante que você nem vê a hora passar.


A Eslovênia também é um país pet friendly e ficamos surpresas com a quantidade de locais designados para cachorro que encontramos em toda a nossa viagem.


Mas agora pausa dramática para a comida desse lugar!

Sério! Doces maravilhosos e comida maravilhosa!

Você também encontra uma enorme variedade de pratos salgados com trufas oriundas da região norte da Itália graças a proximidade da região!


O Castelo do Lago Bled


Você pode optar por subir de trem ou a pé. Fomos a pé e demoramos por volta de 25 minutos em uma subida de 1400 degraus. Além dos degraus depois você ainda precisa subir umas ladeiras.


Cheguei lá em cima pior que a hora da morte, mas recomendo a subida mesmo que você vá de trem.

A vista de lá de cima é maravilhosa!

E para entrar no castelo você precisa adquirir esse ingresso que dá acesso em todas as exposições, galerias e ao museu do castelo.

Toda a região no entorno do Lago Bled é deslumbrante e foi uma das melhores viagens da minha vida. Ficamos hospedados no Hotel Park que é 4 estrelas e foi muito melhor que o de 5 estrelas que ficamos em Split.


O hotel tem uma vista privilegiada para o Lago, tem um SPA muito bom e uma piscina com vista panorâmica. O café da manhã é médio, mas o que eu adorei mesmo foi a fonte de água do Lago Bled na recepção, onde você pode levar a sua garrafinha e encher quando quiser.

O hotel foi recém reformado e está tudo bem bonito por lá. Valeu muito a pena. Pois além de bem localizado o serviço foi ótimo e o hotel também é PET FRIENDLY. Para quem sempre pergunta, SIM, nós viajamos sempre de carro para poder levar nosso cachorro com conforto e ele adora os hotéis e toda essa dinâmica. Então precisamos sempre procurar hotéis que aceitem cachorros. E é cobrado um valor (pet fee) para que o cachorro possa ficar no hotel.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo