• Carol Capel

Como Andar de Trem na Suíça

Atualizado: 21 de Abr de 2018

Oi galera, tudo bem?

Eu recebo várias mensagens de vocês quando eu viajo de trem com alguns questionamentos que são meio padrão, todo mundo têm a mesma dúvida. 

Hoje vamos falar especificamente sobre pegar trem na Suíça. 

É diferente?

Sim, um pouco. 

Para começar saiba que o trem suíço é sempre o mais caro de toda a Europa. Não importa se a distância da viagem é curta ou imensa, sempre vai ser mais caro do que qualquer outro trem em qualquer outro lugar da Europa. 

A moeda da Suíça é o Franco Suíço que é um pouquinho mais barato que o Euro, mas não se engane, você vai gastar 400 Francos do dia pra noite e só com coisas básicas: Alimentação, transporte e etc.


De trem da Itália para Berna. 

Pegamos o trem na estação de Stresa que fica quase que na divisa Itália-Suíça, mas você pode pegar o mesmo trem na estação central de Milão. O trem é muito confortável e é divido entre primeira e segunda classe.


O trajeto Stresa - Berna (cerca de 2h30min, saindo de Milão é em média 3h de viagem) custa em média 55 euros por pessoa. Comprando adiantado você paga a passagem com desconto de 10%. Comprando na bilheteria das estações você ainda consegue selecionar os assentos com o vendedor da bilheteria. 

Você tem a opção de comprar janela ou corredor. Se você optar por comprar janela, saiba que você poderá se sentar com alguém, pois os bancos são de 4 em 4 assentos. 

Normalmente vem escrito no seu bilhete onde você deverá se sentar, então respeite esse número de assentos, embora muitas vezes ninguém respeite. Esse é o lado ruim da Europa, às vezes os assentos são marcados mas as pessoas sentam onde querem. Se entra alguém mais certinho no trem (EU) dá treta sempre. 


Swiss Travel Pass:


Se você vai ficar bastante tempo na Suíça e vai atravessar o país de cabo à rabo eu recomendo comprar o Swiss Travel Pass. Esse passe é vendido para turistas e inclui viagens de trem e barco por todo o país, além de entradas para a maioria dos museus e transporte público urbano. Você compra o Swiss Travel Pass para um determinado número de dias, corridos ou não. Com o passe em mãos você não precisa retirar bilhete ou validar sua viagem: basta embarcar.


Existe conferência dos bilhetes?

Na Europa inteira não é preciso passar por qualquer catraca ou apresentar o bilhete para entrar no transporte público ou nos trens. Na maioria das viagens, depois de um tempo, passa um funcionário conferindo os bilhetes, mas isso é pouco comum dentro da cidade. Dependendo do horário que você está no trem também, como por exemplo em viagens de madrugada, não passa ninguém para conferir. Isso pode dar ao passageiro a sensação de que pode burlar o sistema e viajar de graça. A minha dica é: inclua no seu orçamento o valor das passagens e não tente dar uma de espertinho. Se você for flagrado sem bilhete, pode tomar uma multa alta e ter outros problemas.


Viajar de primeira ou segunda classe?


Tanto o bilhete normal quanto o Swiss Travel Pass têm a opção de viagens de 1ª ou 2ª classe. Eu já viajei em ambas as classes, a primeira classe o assento é bem maior que da segunda. Então se você é mais gordinho e se sente desconfortável na segunda classe eu recomendaria a primeira. Além disso, é notável o silêncio da primeira classe, normalmente está mais vazia. Por esse motivo não tem muito barulho. Nos trens Suíços você pode se sentar na primeira classe em uma poltrona normal, em um sofá super confortável ou até em uma mesa com cadeiras para fazer suas refeições.  É muito fácil identificar a classe do vagão, pois o número vem escrito na porta. Não é nem preciso comentar que não adianta você comprar um bilhete para segunda classe e querer viajar de primeira, não é mesmo? Se você comprou o bilhete da segunda classe e está sentado na primeira você vai ter problemas com o fiscal do bilhete quando ele chegar.  Normalmente o vagão com a primeira classe fica no primeiro ou no último vagão de cada trem. Se você entende inglês ou a língua do país onde estiver pegando o trem (por exemplo, na Itália eles anunciam em Italiano e inglês), eles irão avisar no auto-falante onde fica localizada a primeira classe. Assim você já se posiciona na plataforma para não ter que ficar correndo desesperadamente na hora que o trem chegar. 

Onde consultar os horários?

Eu sempre consulto os horários por dois aplicativos. Primeiro pelo aplicativo do Google Maps no celular. Você coloca o ponto de partida, onde quer chegar. E para confirmar eu dou uma olhadinha no aplicativo da Goeuro. Os suíços são bem organizados e dificilmente um trem atrasava, então pode confiar.

Como identificar a plataforma?

Identificar a plataforma pode ser a pior parte para quem está viajando pela primeira vez de trem na Europa. Antes eu ficava bem confusa, agora já me acostumei. O esquema é confirmar primeiro o nome e o número do trem no seu bilhete. Todos os trens na Europa tem um número. Por exemplo: EC 51 (EuroCity 51). Ao confirmar isso, vá até os painéis da estação e procure seu trem e o horário de partida: 


Esse painel vai indicar a plataforma que você tem que ir. Ao chegar na plataforma e antes de entrar no trem, confira no marcador da plataforma se seu trem está correto também. Isso é muito importante para você não embarcar no trem errado, veja a imagem abaixo:

Mas não fique desesperado se você chegar antes na plataforma e seu trem não estiver mostrando na plataforma confirmada. Às vezes alguns trens só são confirmados faltando 5 min para a partida. Então não se desespere, volte ao painel central e confirme se a plataforma está correta. 


Dá para levar mala no trem?

Sim, mas é um porre. Principalmente se ela estiver muito pesada ou forem vários volumes de malas. Normalmente o que a gente faz é levar uma mala pequena ou no máximo duas pequenas. Ao entrar no trem você verá, próximo das portas um pequeno espaço onde você pode deixar suas malas. É tipo um porta-malas. Você pode deixar suas malas tranquilamente lá e ir procurar seu assento sem se preocupar se suas malas serão roubadas. Eu sei que como brasileiro é difícil de confiar. Para mim ainda é difícil e vira e mexe eu me pego preocupada com as minhas malas no bagageiro. Mas meu, é a Suíça, todo mundo aqui tem muito dinheiro. Ninguém quer sua mala velha da LePostiche. 

Pode confiar. 


Sua bolsa ou sua mochila com seus documentos pessoais e dinheiro deve ir até o assento com você. Pois essa sim alguém teria um motivo para roubar. 

Coloque as malas no bagageiro de uma maneira que elas não se movam durante a viagem, para não atrapalhar o corredor ou as pessoas que irão se sentar ali perto. 

Não existe limite de malas que você pode carregar dentro do trem. Mas tenha bom senso e entenda que não existe só você no planeta. Então o que eu sempre faço é "pack light".


Há banheiros nas estações?

Sim, há. A grande maioria das estações você precisa pagar para utilizar o banheiro. Você insere uma moedinha de 1 ou 2 francos na máquina que é automática e você entra no banheiro. Vale lembrar que os banheiros na Itália são extremamente sujos. Já na Suíça parecem um shopping, tem até chuveiro dentro. Então vale a pena pagar os 2 francos para usar. 


Tem banheiros nos trens?

Sim, em todos os trens suíços você encontra banheiro. O maior e melhor banheiro do trem é sempre aquele da primeira classe e mesmo você não estando na primeira classe você pode usar. Ele fica pertinho do restaurante. Agora não queira precisar usar o banheiro do trem da Itália. Sério, é muito nojento. Alguns nem luz tem.


Existem armários nas estações para guardar as malas?

Sim, você pode pagar um "aluguel" de um locker para deixar sua bagagem. Isso é muito útil por exemplo se você vai fazer conexão em alguma estação e vai ficar por lá por algum tempo. Assim você não precisa ficar carregando suas malas para cima e pra baixo. Isso você encontra na grande maioria das estações grandes na Europa, não só na Suíça.


Como abrir a porta do trem?

Diferentemente do Brasil onde as portas se abrem automaticamente quando o trem pára na estação. Na Europa, por causa do frio principalmente, as portas ficam fechadas a menos que você queira descer ou entrar no trem. Então quando o trem parar não espere que a porta vá se abrir automaticamente porque não vai! Nem por dentro e nem por fora. Existe um botão rodeado de luzes verdes que não passará despercebido. Basta encostar ou apertar nesse botão para abrir as portas, seja no embarque ou no desembarque. Você também pode passar de um vagão para o outro. Em alguns casos, sua presença será detectada e as portas se abrirão automaticamente. Em outros, é preciso apertar algum botão ou girar levemente a maçaneta.

As informações à seguir foram removidas do site: EURAIL


SUÍÇA: CONEXÕES INTERNACIONAIS QUE OPERAM IDA E VOLTA

Sugerimos as seguintes rotas para viajar entre a Suíça e outros países europeus:

França - Suíça

Viaje para Paris no trem da TGV, partindo de Zurique (4 horas), Basileia (3 horas) ou Genebra (3 horas).

Itália – Suíça

Viaje em um trem da EuroCity (EC) diretamente para Milão partindo das cidades suíças de Berna (3 horas), Genebra (4 horas) ou Zurique (3 horas e 30 minutos).

Áustria - Suíça

Pegue um trem RailJet de Zurique a Viena (7 horas) ou viaje durante a noite para Graz nos trens da EuroNight.

Alemanha – Suíça

Viaje de Zurique para Berlim e Hamburgo no trem noturno ÖBB Nightjet ou viaje durante o dia em trens ICE da Suíça para cidades alemãs, como Frankfurt.

RESERVAS PARA TRENS NA SUÍÇA

Os trens regionais SBB não requerem reservas. Para os trens da InterCity e ICN, as reservas não são obrigatórias, mas recomendamos que você faça reserva de assentos durante o concorrido período de verão (de maio a setembro) e feriados. As reservas são obrigatórias para os trens noturnos e de alta velocidade internacionais. Os preços para os trens noturnos dependem do tipo de acomodação com leito escolhido. 

Como fazer reservas para trens suíços

Você pode fazer reservas para os trens domésticos e internacionais de alta velocidade e trens noturnos. Por meio do nosso serviço de reserva.

Em um guichê ou máquina de autoatendimento na estação ferroviária local.

Por telefone através da central de atendimento da SBB Telefone: +41 900 300 300 Horário de funcionamento: 24 horas/7 dias na semana.

Você conseguirá uma conexão direta ao ligar para essa central de reservas. A central de reservas da SBB na Suíça pode enviar suas reservas a todos os países da Europa. Os custos de entrega são de 8 francos suíços (cerca de € 6,50). Essa central de atendimento pode cobrar uma taxa de reserva. Você também pode retirar sua reserva nas grandes estações ferroviárias da Suíça. Basta ir até a bilheteria com o número do pedido. 

Saiba mais sobre reservas

Então é isso, espero que esse post tenha servido para resolver as dúvidas de vocês sobre como andar de trem na Suíça.

Beijos

ANÚNCIOS
ASSINE NOVIDADES
INSCREVA-SE!