ANÚNCIOS
ASSINE NOVIDADES
INSCREVA-SE!
  • Carol Capel

Como é o Ferrari World em Abu Dhabi

Ir para Abu Dhabi e não visitar o Ferrari World é quase que um pecado. Nossa viagem era só para Dubai, mas resolvemos passar dois dias em Abu Dhabi para conhecer o parque e algumas atrações de lá também. Não deu para conhecer tudo e em breve voltarei.


Mas no post de hoje vou lhes contar o que é o Ferrari World e se vale à pena visitar.


O Ferrari World está localizado na Yas Island, uma ilha artificial distante 40 km do centro de Abu Dhabi e a 120 km de Dubai. O complexo reúne, além do parque da Ferrari, um parque aquático, campo de golfe, canais artificiais, marinas, vários hotéis e a pista de corrida, utilizada por várias modalidades do automobilismo mundial.

Quem acompanha as corridas de Fórmula 1 certamente já assistiu algum GP no circuito de Abu Dhabi, que tem uma pista perfeita e é um dos mais bonitos do calendário. Durante as transmissões são exibidas imagens aéreas da Yas Marina e também do parque da Ferrari, que chama muito a atenção por causa de sua grande cobertura vermelha com design arrojado. O Ferrari World é o maior parque coberto do mundo e apenas três de suas atrações encontram-se ao ar livre, as duas montanhas-russas e o elevador com queda livre.


O Ferrari World funciona de terça à domingo, das 11:00h às 20:00h. Em algumas semanas ele também abre às segundas e o calendário completo pode ser conferido no site oficial do parque. Cheguei bem no horário de abertura e o parque ainda estava vazio, principalmente porque era sexta-feira, um dia sagrado em que os muçulmanos costumam orar nas mesquitas até início da tarde. Neste dia o parque só começou a ficar cheio depois das 13:00h.

O ingresso para o parque pode ser comprado na hora ou antecipadamente pela internet. O preço é o mesmo, a única diferença é que comprando on-line evita-se a fila da bilheteria, que pode ser um pouco demorada. A entrada para adultos e crianças acima de 1,30m custa 295 dhs (aprox. R$295) e para crianças abaixo de 1,30m o valor é de 230 dhs (R$230,00). Menores de três anos entram de graça.


Existe um ingresso que você corta as filas, mas sinceramente é tão vazio que nem precisa comprar com antecedência. Qualquer coisa se você der azar você compra lá na hora. Eu comprei tudo pela internet e levei o voucher impresso para entrar no parque.


O parque não tem fila para entrada e estava super tranquilo quando fomos.


A Formula Rossa é considerada uma montanha-russa de aceleração sem inversões e atinge uma velocidade máxima de 240 km/h. Seu percurso tem exatos 2 quilômetros, o que faz dela a sexta mais longa do mundo. Ela tem um sistema diferente das montanhas-russas mais comuns, que são levadas ao alto mecanicamente para então começar a corrida com uma queda livre. Esta da Ferrari inicia sua jornada através de um moderno sistema de propulsão que lança o carrinho rapidamente numa grande reta, fazendo com que ele suba a uma altura de 53 metros em altíssima velocidade para depois despencar e dar sequência ao trajeto.

Ela estava FECHADA no dia que eu fui e pensar que eu fui nesse parque APENAS para andar nela. =(


Atrações que fomos:


Speed of Magic – cinema 4D que parece um jogo de videogame, numa perseguição a um vilão que rouba uma chave de Ferrari de um garoto. As cadeiras mexem bastante e o filme passa por vários ambientes, como deserto, floresta, fundo do mar, entre outros, finalizado a corrida no circuito de Abu Dhabi de Fórmula 1.

Viaggio in Italia – um cinema em alta definição em que as cadeiras também se mexem, fazendo um belo sobrevoo pela Itália, passando por diversas regiões do país, como a Toscana, Roma, Veneza, a região dos lagos, entre outras. Essa atração é estilo um Soarin´ da Disney sem tecnologia. Pois o aparelho é velho e ultrapassado.


O parque é pequeno embora olhando por fora pareça enorme. Fui também em uma Wing Coaster chamada Flying Acess e nem consegui abrir os olhos de tão sol que estava do lado de fora. Esse é o último lançamento do parque e eles já planejam abrir uma montanha-russa nova em formato de 8 que irá abrir em breve. Mas nada que seja muito excitante de verdade.

Eu sinceramente esperava muito do Ferrari World mas acabei chegando à conclusão que o Ferrari Land na Espanha é muito melhor, mesmo com todo o glamour que esse lugar tem, tudo parece estar um pouco abandonado, fiquei com pena do lugar.

Talvez em finais de semana pode ser que fique mais cheio. Dá pena de ver.


A próxima vez que eu for e a Formula Rossa estiver aberta, eu vejo se terei outra opinião do parque, mas gastamos mais de 600 reais para ficar menos de 2h dentro do parque. Acho que valeu pela experiência, vou voltar apenas para ir na Formula e mais nada.


Tem uma playlist de Dubai e Abu Dhabi no meu canal, quem quiser ver os vídeos (foram poucos) que gravamos, clique aqui.